Pure Print Brasil

 

Pure Print Porto Alegre – Brasil

exposição – palestras – workshops – produção editorial

5 a 9 de novembro de 2018

Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

 

O Encontro Internacional de Gravura Pure Print PoA ocorrerá de 5 a 9 de novembro de 2018, no Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Constituindo uma semana de imersão e criação artística, promoverá intercâmbio internacional de pesquisadores e estudantes vinculados à área da gravura, contando também com atividades abertas ao público em geral, como exposição e palestras.

O Pure Print Porto Alegre – Brasil dá seguimento a encontros já ocorridos nas cidades do Porto e de Madrid (http://pureprint.fba.up.pt/2015/), sob coordenação de Graciela Machado (Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Portugal) e Marta Aguilar Moreno (Facultad de Bellas Artes de la Universidad Complutense de Madrid), respectivamente, objetivando ampliar e enriquecer os conteúdos dos programas de investigação e inovação das instituições envolvidas e promover a produção de projeto de publicação conjunta utilizando diferentes tecnologias de impressão.

Como nas demais edições, o encontro objetiva o desenvolvimento de um projeto editorial conjunto. Nesta edição, o conceito norteador será o Guaíba, lago que confere identidade à cidade de Porto Alegre, acolhedora do evento, e que encontra reverberação no conceito de rio – água, como elo de ligação entre as cidades em que o Pure Print esteve: Porto (Rio Douro) e Madrid (Rio Manzanares, que é afluente do Rio Jarama, que por sua vez é afluente do Rio Tejo, que também corta Portugal).

Coordenação: Maristela Salvatori (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil)

Realização: Grupo de Pesquisa Expressão dos Múltiplos PPGAV/IA/UFRGS – CNPq, grupo que reúne estudantes e pesquisadores em torno da criação e reflexão sobre procedimentos técnicos do vídeo, fotografia, gravura, entre outros, pontuando diferentes enfoques de artistas frente à reprodutibilidade e questões envolvendo possibilidades do múltiplo e do único e processos mecânicos, manuais e processos digitais.

 

 

Currículos dos palestrantes e artistas participantes :

Maristela Salvatori (coordenadora e artista participante)

Doutora (Docteur en Arts et Sciences de L´Art: Arts Plastiques) pela Université de Paris I – Panthéon-Sorbonne (2002), com Pós-doutorado (Estágio Sênior/CAPES) junto à Université Laval, no Canadá (2012). Mestre em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1993). Bacharel em Artes Plásticas, com ênfase em Gravura, e Licenciada em Educação Artística pelo Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1983 e 1985). Artista Residente na Cité Internationale des Arts, Paris/França (1999 a 2001), Artista Residente no Centro Frans Masereel, Kasterlee/Bélgica (1998, 1999, 2000, 2001, 2003, 2004 e 2005), desde os anos oitenta realiza regularmente exposições individuais e coletivas no Brasil e exterior. Em suas criações enfoca espaços vazios, grandes planos, fragmentações e repetições. Professora Associada do Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (2009 a 2011) e atua na formação de novos pesquisadores em Artes, com ênfase nas questões relacionados à gravura, à fotografia e às novas tecnologias. No Instituto de Artes da UFRGS, ainda foi Chefe do Departamento de Artes Visuais (2007 a 2009), Coordenadora da Comissão de Extensão (2003 a 2007) e Coordenadora da Galeria da Pinacoteca Barão de Santo Ângelo (2016 a 2017 – Agraciada com o Prêmio Açorianos de Artes Visuais 2017 – destaque em Instituição). Foi curadora, junto com Paulo Silveira, da exposição Maria Lucia Cattani: Gestos e repetições, que recebeu o Prêmio Açorianos de Artes Visuais 2016 – destaque Acervo e Memória. É Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq. Coordena o Grupo de Pesquisa Expressões do Múltiplo. Membro da Comissão Científica do Congresso Internacional Criadores Sobre outras Obras (CSO) da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa e Membro do Conselho Editorial da revista :Estúdio, bem como das revistas Gama e Cromo, do Centro de Investigação e Estudos em Belas-Artes da mesma instituição, e Membro do Conselho Editorial da revista Pós­Limiar, da Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Membro da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas (ANPAP).

Mais informações em http://lattes.cnpq.br/4866833198348847

 

Paulo Silveira (palestrante)

Bacharel em Artes Plásticas (com habilitações em Desenho, 1986, e em Pintura, 1988) e em Comunicação Social (1980) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mestre e Doutor em Artes Visuais pela UFRGS (1999 e 2008, ênfase em História, Teoria e Crítica da Arte, incluindo estágio de pesquisa de doutoramento junto a Université Paris 1, Panthéon-Sorbonne, 2006). Professor Adjunto Nível IV no Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, atuando na graduação e na pós-graduação. Pesquisador do campo das Artes Visuais, especialmente história e teoria da arte (com ênfase no estudo da linguagem e contexto de obras e dispositivos instauradores da arte contemporânea), intermídia histórica, percepção da obra de arte, estética e retórica das publicações de artistas e metodologia da pesquisa. Membro do Comitê Brasileiro de História da Arte, CBHA, e da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas, ANPAP (comitê de História, Teoria e Crítica de Arte). Colaborador de instituições acadêmicas, grupos de investigação e publicações do Brasil e do exterior. Criador e coordenador do Fundar: grupo de pesquisa sobre instauradores da arte contemporânea (UFRGS/CNPq). Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da UFRGS para o período 2017-2019. De 1982 a 2010 foi Programador Visual (técnico-administrativo classe E) da Editora da UFRGS, sendo coordenador da Seção de Editoração de 1997 a 2010.

Mais informações em http://lattes.cnpq.br/0659044051924335

 

Graciela Machado (palestrante e artista participante)

Nascida em 1970, Porto.

Membro integrado Núcleo de Investigação em Desenho do I2ADS (Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade), sediado na FBAUP.

Licenciada pela ESBAP em Artes Plásticas Pintura em 1993, mestrado em Gravura pela Slade School of Fine Art em 1996 e doutorada em Desenho pela Facultad de Bellas Artes Universidad del Pais Vasco em 2007.

Enquanto docente e investigadora da Subunidade Orgânica de Desenho da FBAUP tem se debruçado sobre a criação de estruturas académicas adequadas à criação nas práticas contemporâneas da impressão. Paralelamente tem vindo a desenvolver projetos pluridisciplinares de investigação industrial sobre aplicação de processos de impressão a suportes não convencionais.

Na mesma área de atuação, tem encetado várias colaborações em regime de curadoria editorial com investigadores e indústria de edição independente, de modo a desenvolver novos produtos e processos aplicáveis ao contexto da auto-edição. A sua atividade artística está centrada sobre a prática da impressão e questões de exploração do tempo, tecnologia e paisagem.

Paralelamente desenvolve um reconhecimento de processos, metodologias e suportes específicos de outros contextos de geográficos de produção da gravura, assim como o seu relacionamento com outros suportes mediáticos.

O projeto de pós doutoramento, em fase de arranque, visa sistematizar uma abordagem tecnológica de suporte a prática artística, que revê histórica e tecnicamente os processos fotomecânicos da gravura, testa experimentalmente a sua atualidade e analisa criticamente a sua permanência no campo da gravura contemporânea.

 

Marta Aguilar Moreno (palestrante e artista participante)

Nace en Gran Canaria en 1964, Doctora en Bellas Artes.

Realiza los estudios de Bellas Artes en la UCM entre los años 1984-89, especialidad de grabado. En 1989 comienza su actividad docente siempre acompañada de una formación artística continua tanto en el territorio nacional como en el extranjero.

Entre 1990-92 realiza los cursos de doctorado y en 1993 completa su actividad doctoral con el programa Summer Painting Studio Residency, en School of Visual Arts (SVA) de New York, U.S.A.

En el 2001-02 realiza el curso de especialización Diseño Gráfico y Net Design, en el Centro de Estudios del Video CEV de Madrid.

Desde 2002 desarrolla su labor docente en el Departamento de Dibujo I de la Facultad de Bellas Artes de la Universidad Complutense de Madrid, impartiendo Dibujo, Grabado y Técnicas de Estampación en licenciatura, grado y posgrado.

Es miembro del grupo de investigación de la UCM 941058 – El Libro de Artista como Materialización del Pensamiento (LAMP).

Participa en congresos, seminarios y conferencias en torno a la educación artística y la cultura visual. Actualmente compagina la docencia con su actividad artística profesional.

 

Eva Figueras (palestrante e artista participante)

Estudia Bellas Artes y Ciencias de la Educación en la Universidad de Barcelona, en el año 1991 recibe el premio extraordinario de doctorado por su tesis “Estudio Crítico/analítico de las fuentes bibliográficas sobre grabado calcográfico. Su incidencia en la Enseñanza Oficial Superior”. Profesora de grabado de la Facultad de Bellas Artes de la Universidad de Barcelona. Compagina su labor educativa con la investigación y la creación. Participa en proyectos I+D+I nacionales y regionales sobre el grabado sostenible. Desde el año 2006 es investigadora responsable del grupo de Innovación Docente consolidado “Mejora de la calidad docente en la Facultad de Bellas Artes”. Trabaja en proyectos internacionales sobre grabado no tóxico y sobre libro de artista con la Academia de Bellas Artes de Palermo, de Bolonia y con la Universidad Autónoma de Ciudad Juárez (Méjico). Es editora y autora varios libros y diversos artículos en revistas nacionales e internacionales. Ha participado en diversas exposiciones individuales y colectivas, nacionales e internacionales. A partir del 2012 forma parte del colectivo Poètica Còdex, que trabaja en la creación de nuevas aportaciones en Libro Arte y poesía. (http://poesiaillibres-art.blogspot.com.es/).

 

Helena Kanaan (artista participante)

Artista Visual com investigações em Gravura Contemporânea e Procedimentos Híbridos na Arte Impressa. Docente na área da Gravura / Arte Impressa no Departamento de Artes Visuais Instituto de Artes Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Coordenadora da Galeria de Arte / Pinacoteca Barão de Santo Ângelo. Doutora em Poéticas Visuais pelo PPG em Artes Visuais / UFRGS e Universidade Politécnica de Valencia / Espanha. Mestre em Poéticas Visuais pelo PPG Artes Visuais / UFRGS. Especialização pela Scuola dArte Grafica Il Bisonte Florença / Italia. Professora no Centro de Artes / UFPel, (1991 / 2014) na linha de Poéticas Visuais, orientando trabalhos de pesquisa (bacharelado, licenciatura, pós-graduação), quando coordenou o projeto de pesquisa e extensão Grupo Gravadores de Rua. Foi membro da Comissão de Consultoria do MALG – Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo e membro na Câmara de Extensão. No CNPq co-líder do Grupo de Pesquisa Expressões do Múltiplo: Imagens e meios reprodutivos de criação. Na UFRGS foi membro do NAU – Núcleo de Avaliação da Unidade e atualmente coordena o Grupo de pesquisa Práticas Críticas da Gravura à Arte Impressa: Processos e procedimentos matriciais, transferências, impregnações e, o Grupo de Extensão Núcleo de Arte Impressa: Produção e Reflexão da Gravura Contemporânea.

 

Márcia Sousa (artista participante)

(Centro de Artes, Universidade Federal de Pelotas, Brasil)

Artista visual, pesquisadora, professora. Doutora em Poéticas Visuais pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS, 2016), com estágio de doutoramento sanduíche na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Portugal (FBAUP, 2015); mestre em Processos Artísticos Contemporâneos pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC, 2009); graduada em Gravura pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP, 1998) e em Comunicação Social pela Universidade Federal do Paraná (UFPR, 2002). Professora adjunta do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Gravura, Desenho, Fotografia, publicações e livros de artista.

 

Andréia Oliveira (artista participante)

Doutora em Informática na Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul/UFRGS – Brasil e pela Université de Montreal/UdM – Canadá, Mestre em Psicologia Social e Institucional pela UFRGS e Graduada em Bacharelado e Licenciatura em Artes Visuais pela UFRGS. Idealizadora e coordenadora do LabInter (Laboratório Interdisciplinar Interativo) – UFSM, líder do gpc.InterArtec/Cnpq, desde 2012, e membro dos grupos de pesquisa: MediaLab – UFG; SenseLab research-creation group – Concordia University, Canadá; Arte e Tecnologia – UFSM. Artista multimídia e pesquisadora com experiência nas áreas de arte e tecnologia, subjetivação contemporânea, sistemas interativos, tecnologias criativas; bem como em produção de projetos culturais e educacionais. Seus projetos de pesquisa e extensāo contam com o apoio das agências de fomento CNPq, CAPES, FAPERGS, bem como MEC, MinC e RNP. Sua produçāo tem sido publicada em livros, anais e revistas acadêmicas indexadas, e apresentada em eventos nacionais e internacionais: ISEA (Manizales 2017, Hong Kong 2016; Dubai 2015, Sydney 2014, Istambul 2011); Digifest Durban 2017; ARTECH (2012, 2010, 2008 – Portugal); SLSA Atlanta 2009; ANPAP (2007 a 2017); #ART (2009 a 2017); entre outros. Atualmente é professora Adjunta do Departamento de Artes Visuais, do Programa de Pós-graduação em Artes Visuais e do Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Educacionais em Rede. Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Artes Visuais no Centro de Artes e Letras /UFSM (2015-atual), coordenadora do PROLICEN/UFSM (2014-2017), coordenadora do PARFOR/UFSM (2014-2016), e coordenadora do Curso de Especializaçāo TIC aplicadas à Educaçāo do Centro de Artes e Letras (2011 a 2014). Membro do Colegiado de Arte Digital/MinC e Conselheira suplente do CNPC/MinC (2012 a 2014). Membro da Diretoria da Associação Nacional dos Pesquisadores de Artes Plásticas/ANPAP (2015 a 2016), membro da ANPAP (2010-atual), da Editora do PPGART e da Revista Contemporânea do PPGART/UFSM (2015-atual).

 

Sandra Favero (artista participante)

Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Escola de Comunicação e Artes da USP, área de concentração Poéticas Visuais, linha de pesquisa Processos de Criação em Artes Visuais, com a tese Estuário, sob a orientação do Prof. Dr. Luiz Claudio Mubarac,(2015); Mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina, área de concentração Gestão do Design e do Produto com a dissertação: Arte ou Não: uma abordagem de aspectos relacionados à responsabilidade na formação de paradigmas estéticos do público, sob orientação da Profª Drª Sandra Regina Ramalho e Oliveira, (2003); e, Graduação em Bacharelado em Pintura pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, (1979). Atualmente é professora efetiva da Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, no Centro de Artes – CEART. Linha de pesquisa Processos Artísticos Contemporâneos, com ênfase em Gravura, atuando principalmente nos seguintes temas: gravura, memória, natureza, poéticas contemporâneas. Coordena o Projeto de Extensão Livro de artista como aproximação poética. É 2ª lider do Grupo de Pesquisa Articulações Poéticas vinculado à UDESC na linha de pesquisa Processos artísticos contemporâneos.

 

Paula Almozara (artista participante)

Paula Cristina Somenzari Almozara é pesquisadora e professora em regime de dedicação integral em 40h da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, atua na Faculdade de Artes Visuais. De 2016 a 2018 foi Coordenadora do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Linguagens, Mídia e Arte – Mestrado e de 2014-2018 foi Coordenadora do Núcleo de Pesquisa e Extensão do Centro de Linguagem e Comunicação da PUC-Campinas. Atualmente desenvolve projeto de pesquisa intitulado Percurso e memória: a paisagem fragmentada; com Auxílio à Pesquisa – Regular da FAPESP, no valor integral de 163.480,54 (Processo: 17/17112-7). Assessora Ad Hoc da Fapesp. Membro da Diretoria da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas – ANPAP (1a. Secretária) para o Biênio 2017-2018. Desde 2017 é membro da Comissão Científica do CSO – Congresso Sobre Outras Obras, da Faculdade de Belas-Artes e CIEBA da Universidade de Lisboa; é também integrante da Comissão Científica Editorial das Revistas Estúdio, Gama e Croma da FBA da Universidade de Lisboa. Foi Coordenadora do Programa de Licenciaturas Internacionais, Edital Capes 008/2012, de Artes Visuais da Faculdade de Artes Visuais da PUC-Campinas/Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, Portugal (Projeto 066/2012). Atuou de 2007 a 2009 como professora convidada do curso ART-120 Especialização em Artes Visuais do IA-Unicamp. Concluiu o Doutorado em Educação (Bolsa Capes), na área de Educação, Conhecimento, Linguagem e Arte pela Universidade Estadual de Campinas em 2005. Realizou Mestrado em Artes Visuais (Bolsa Fapesp) pela Unicamp, onde desenvolveu trabalho poético visual e pesquisa sobre a história do desenho. Possui diversas publicações de álbuns e livros de artista e também exposições de artes visuais com ênfase em procedimentos gráficos, fotografia, vídeo e instalação. Atua na área de Artes em Poéticas Visuais Contemporâneas. Recebeu o Prêmio Brasil Fotografia 2014 – Bolsa Desenvolvimento de Projeto com o trabalho à margem. Site/portfólio: http://cargocollective.com/paulaalmozara

 

Bernadette Panek (artista participante)

Artista plástica, pesquisadora e professor adjunto da UNESPAR/Embap. Especialista em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná/Embap (1997). Mestre em Poéticas Visuais (2003) e Doutora na Linha de Pesquisa História da Arte pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (2008). Pós-doutorado (2013) com bolsa da Capes, no Departamento de Escultura da Universidad del País Vasco/EHU, onde é colaboradora internacional no Grupo de investigación consolidado del Sistema Universitario del Gobierno Vasco IT 1096-16/21, Creación en Arte y Estéticas Aplicadas para la Ciudad, el Paisaje y la Comunidad, cujas pesquisa partem dos propósitos colocados pelo escultor Jorge Oteiza. Entre 1993 e 1996 dirigiu o Museu da Gravura Cidade de Curitiba, onde atuou como orientadora dos cursos livres nos ateliês de gravura de 1989 a 1992. Implantou o conteúdo acadêmico dos cursos de Especialização Lato Sensu em História da Arte do Século XX (1998), de História da Arte Moderna e Contemporânea (2004), do qual foi coordenadora até 2013 e de Museologia (2005), do qual foi coordenadora até 2008, na Embap. Artista residente no Tamarind Institut – Albuquerque, Novo México (1993); London Print Workshop – Londres (1994); Portland Nortwest College of Art (1997). Pesquisadora visitante na Universidad del País Vasco/EHU (2001/2002); na Universidad Politecnica de Valencia (2006/2007); na Universidad del País Vasco/EHU, com bolsa da Fundación Carolina (2009/2010). Tem obras em acervos no Museu da Gravura Cidade de Curitiba; Biblioteca Nacional/Rio de Janeiro; Portland Museum/Oregon; Universidade Regional de Blumenau/Santa Catarina; Coleção Guita e José E. Mindlin/São Paulo; MAC-Dragão do Mar/Fortaleza.