LÁZARO

ARQUEOLOGIA DE UM PATRIMÓNIO TECNOLÓGICO DE ORIGEM COMERCIAL

Relatório final

Arrancou o projeto Lázaro, cuja designação tem origem na localização simultânea de duas instituições, Escola de Belas Artes do Porto e Atelier de Photogravura de Marques de Abreu. O objetivo deste projeto é o de identificar e reconstituir no presente o modo como o património tecnológico de origem comercial pode ser replicado nesse reduto, e a partir do qual pode ainda continuar a ser produzido: nas oficinas de gravura da FBAUP. Assim, já começaram a ser criadas as primeiras zincogravuras nas oficinas com base nas complexas fórmulas de manuais do princípio de século XX.
Desenvolvimento de vertente matricial (preparação de matrizes), coordenadas Graciela Machado, apoio técnico Catarina Marques, participação de mestrandas Lisa Penedo (MDGPE) e Mónica Araújo (MP).

proceso_1

MATRIZ_2

proceso_3

proceso_2

Este projeto enquadra-se nas atividades do Núcleo de Investigação em Desenho e do Núcleo de Arte Intermedia do I2ADS (Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade), sediados na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.

A existência de um núcleo de objetos por inventariar, pertencentes ao arquivo da FBAUP, determinou a delimitação dos procedimentos fotomecânicos no âmbito da gravura em relevo como ponto de partida para a pesquisa deste projeto, verificando-se com este contraponto o propósito de revisão da análise particular destes exemplares, estudo das condições originais de produção e, numa segunda fase, ampliar o leque de opções tecnológicas disponíveis no campo de atuação da gravura e da fotografia em contexto académico.

Com este projeto, estende-se no tempo e no espaço um tipo de investigação iniciada e com resultados demonstrados na FBAUP prosseguindo e insistindo na necessidade de associar nesta instituição, os vários laboratórios e oficinas, coleções de fotografia e gravura, acervos documentais, destacando-se especificamente o propósito do tratamento do referido acervo no arquivo da FBAUP.