unnamed

 

EM TORNO DA OBRA DE MARQUES ABREU

Seminário integrado no IN PURE PRINT – 2 a 6 Maio 2016 – Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto

(com Pedro Aboim Borges sobre a obra fotográfica, Graça Silva sobre a obra gráfica e moderação por Susana Lourenço Marques – 2 de Maio, 11:00, sala PS 12)

Marques de Abreu foi um destacado fotógrafo, gravador e editor portuense que marcou o panorama das artes gráficas e editoriais em Portugal, entre as décadas de 1900 e 1940, sendo responsável por importantes levantamentos de arte e arquitectura portuguesa, na tradição das primeiras missões fotográficas, e prestando uma contribuição fundamental para o desenvolvimento e aplicação da fotozincogravura.  que começou a fazer, ainda em 1893, considerada por ele como capaz de produzir cópias melhores que os originais: «o fotogravador, depois de se utilizar deste meio, como dele se utilizam também a fotolito e a heliogravura, embora de modo um pouco diferente, tem ainda o trabalho de gravar a imagem na chapa de metal, por meio de reagentes, e é nesta última operação que o fotogravador pode obter chapas capazes de dar imagens impressas com uma riqueza de modelação perfeitíssima superior até à dos originais.» (Marques de Abreu, 1945)

No âmbito do projecto In Pure Print, propõe-se pensar e rever a obra deste autor com a concretização de um projecto editorial e uma exposição em torno da experimentação gráfica e fotográfica por ele consolidada.

 

agenda semana da queima 2016

m1

Primeiras sessões de apresentação e análise em torno de Marques de Abreu

m2

Reimpressão de matrizes originais pertencentes  à colecção Marques de Abreu

m3

Visitas à Abel Santos & Oliveira Lda. e Fotomecânica Molográfica, S.A.

m4

m6

m5

Em produção com os convidados

m1

Produção do In Pure Print album por Kasia Harciarek

 

LOGO MOLOGRAFICA